Skip to main content

Instrumentos de tortura usados pela igreja

A inquisição católica é um dos momentos mais tenebrosos da história da humanidade. Durante o período da idade média em que a igreja perseguiu os chamados hereges, foram desenvolvidos equipamentos sofisticados com finalidades específicas e um único objetivo: torturar e eliminar vidas. Os mais cruéis instrumentos de tortura conhecidos foram criados e usados pela igreja católica durante a santa inquisição.

Dizem que a tortura nessa época não era tão comum quanto a gente pensa, mas fica difícil afirmar isso após dar uma olhada nessa lista de aparelhos que parecem ter saído de uma filme de Hellraiser, ou Jogos Mortais. Leia Mais

Atrações bizarras do circo dos horrores

Uma das maiores formas de entretenimento de nossos antepassados eram os espetáculos circenses. Nestes shows, não eram apenas os animais que eram cruelmente maltratados nos bastidores, haviam também humanos com deformações que, apesar de não serem maltratados como os animais, eram explorados pelos donos dos circos que tiravam proveito de duas deformações para enriquecerem, e estas pessoas eram muitas vezes os pontos altos do espetáculo.

A presença deste tipo de atração nos circos revelava uma verdade que muitos não admitem, apesar de verdadeira: nós humanos somos instintivamente fascinados por coisas bizarras ou esquisitas demais, principalmente quando esta “atração” é relacionada a outros humanos. Leia Mais

O mistério de Hessdalen

Hessdalen é o nome de um pequeno vale localizado a 40 km da cidade de Roros, na Noruega. Tem 15 km de extensão e é cercado pelas montanhas Ratvollfjellet, Rognefjell e Stordalshogda, que estão entre 900 e 1.000 m acima do nível do mar. Existem dois lagos ao sul de Hessdalen, Hersjoen e Oyungen, e a maioria de seus cerca de 200 habitantes vivem próximos à rodovia que passa pela região. O lugar não seria nada além de uma bucólica vila na área dos fiordes noruegueses se não fosse um fenômeno que há décadas vem se manifestando intensamente ali, atraindo a atenção de estudiosos de todo o mundo — incluindo cientistas — e a curiosidade de todos nos países escandinavos.

O fato teve início em dezembro de 1981, quando moradores do vilarejo começaram a assistir estranhas luzes manobrando frequentemente no vale à frente, chegando a aparecer entre 20 e 30 vezes por semana. Este número de avistamentos durou até o verão de 1984, dando origem ao programa científico Projeto Hessdalen, que existiu naquele e no seguinte, restando hoje apenas pequenas ações isoladas de pesquisas de seus antigos membros. Atualmente, o número de ocorrências é bem reduzido, chegando a 20 por ano, e são monitoradas pela Estação de Medição Automática de Hessdalen [Hessdalen Automatic Measurement Station, HAMS]. Embora a maioria dos avistamentos se deem no vale, algumas cidades vizinhas também registraram o estranho fenômeno. Leia Mais