Skip to main content

Jeffrey Dahmer – Serial Killer e Canibal

Nascido em Milwaukee, Wisconsin, em 1960, Jeffrey Dahmer mostrou um comportamento preocupante após a cirurgia realizada em sua infância. Ele cometeu seu primeiro assassinato em 1978 e foi preso várias vezes antes de reivindicar sua segunda vítima, em 1987. Além de matar os homens e adolescentes, ele atraiu-os para casa, mutilou, fotografou e realizou atos sexuais com os cadáveres das vítimas, ele também mantinha “Peças” (Como ele chamava os corpos ou partes do corpo) como lembranças. Dahmer foi capturado em 1991 e condenado a 957 anos de prisão. Ele foi morto por outro prisioneiro, Christopher Scarver, em 1994.

Seus crimes eram particularmente hediondos, envolvendo estupro, necrofilia e canibalismo.

Leia Mais

A noiva cadáver de Carl Von Cosel

Carl von Cosel deixou sua cidade natal Dresden, (Alemanha), em 1927 rumo à Key West na Flórida, em busca de uma nova vida. O médico estava então com 50 anos. Lá, Cosel começou a trabalhar no United States Marine Hospital, como radiologista e patologista. Dotado de grande inteligência, possuía uma oficina em sua casa onde construía inúmeras invenções, como um avião de ferro velho e restos de material militar batizado carinhosamente de “Condessa Elaine”. E assim o experiente doutor levava sua vida, até que em abril de 1930 uma paciente mudaria totalmente sua história.

Leia Mais

Bonecas sexuais humanas (Dolls Makers)

Esta é mais uma das coisas grotescas que você poderá encontrar na Deep Web se for navegar por lá com más intenções. Dolls Makers são criadores de bonecas sexuais humanas, que utilizam geralmente crianças entre 8 à 10 anos, compradas de famílias miseráveis em países onde a pobreza extrema atinge a maioria da população.
Nenhum órgão governamental conseguiu localizar a origem dos Dolls Makers. As informações são escassas e toda transações monetárias são via Bitcoins, tudo muito sigiloso, não deixando qualquer rastro. Apenas sabe-se, que existem vários grupos oferecendo o serviço na DeepWeb.

Leia Mais

Contos de necrofilia

Uma garota foi no médico (ginecologista) pois estava com muita secreção vaginal que tinha um odor muito forte e tinha pequenas feridas perto do lábio, quando o médico a examinou percebeu que era uma infecção e receitou limpeza constante com sabonetes íntimos e remédios por um certo tempo. Passando o determinado tempo, ela voltou ao consultório, e ainda com a infecção o médico lhe pediu alguns exames e a aconselhou a continuar com a mesma medicação.

Leia Mais

Contos de necrofilia: Marie Corpus

“Não vai fugir”, ela sussurrou em seu ouvido. Ele estremeceu em cada sílaba. O pecado ainda se mantinha fresco em sua memória e as feridas estavam abertas e infeccionadas pela culpa. Aquele acesso de loucura que o levara ao crime, ao triplo crime, era algo que ele nunca imaginara viver. Fora tomado por um súbito desejo de possuir Marie e, uma vez repelido, enlouqueceu. Esganou a própria irmã. Matou. Não satisfeito, excitado pela visão do corpo sem vida da moça, despiu cuidadosamente a camisola branca e se pôs a admirar a beleza virginal dela. Leia Mais

O que é necrofilia?

Necrofilia é um assunto que quase ninguém gosta de tocar, mas esta por todas as partes… O que uma pessoa sente? Que tipo de desejo é esse? Cheiro? Decomposição? A pratica da necrofilia existe há muito tempo em algumas tribos da África e na Ásia, e até pode ser considerado algo sagrado. A necrofilia reina em filmes, quadros, musicas e livros como os contos eróticos do Marques de Sade.
Necrofilia é a pratica de fazer sexo com um cadáver, pode ser aquele morto ”fresquinho” ou também tem os casos mais extremos de fazer com a pessoa se decompondo ou com partes faltando.

Leia Mais