Skip to main content

Jeffrey Dahmer – Serial Killer e Canibal

Nascido em Milwaukee, Wisconsin, em 1960, Jeffrey Dahmer mostrou um comportamento preocupante após a cirurgia realizada em sua infância. Ele cometeu seu primeiro assassinato em 1978 e foi preso várias vezes antes de reivindicar sua segunda vítima, em 1987. Além de matar os homens e adolescentes, ele atraiu-os para casa, mutilou, fotografou e realizou atos sexuais com os cadáveres das vítimas, ele também mantinha “Peças” (Como ele chamava os corpos ou partes do corpo) como lembranças. Dahmer foi capturado em 1991 e condenado a 957 anos de prisão. Ele foi morto por outro prisioneiro, Christopher Scarver, em 1994.

Seus crimes eram particularmente hediondos, envolvendo estupro, necrofilia e canibalismo.

Leia Mais

Gloomy Sunday – A música do suicidio

“Domingo Sombrio” é o tipo de música que te deixa deprimido antes mesmo de chegar no refrão. Tem coragem de escutar?
Uma música da Hungria, conhecida como “Gloomy Sunday”, foi responsável por vários suicídios ao redor do mundo. A canção estaria relacionada até mesmo com o suicídio do próprio autor, Rezso Seress!
Seress era um compositor que vivia totalmente da música. “Gloomy Sunda” foi uma forma de desabafo do compositor após o término do relacionamento com sua namorada. Ele revelou também que teve ajuda de amigos e colegas de trabalho que estavam depressivos para escrever a música.

Leia Mais

As namoradas mais psicóticas de todos os tempos

Sabe quando sua namorada fica pegando seu celular e perguntando a senha? Ou, como quem não quer nada, pergunta a senha do seu Facebook? E quando ela pergunta “quem é essa Bruna que te ligou ontem?”. E se isso parece muito, pare pra pensar nessas mulheres que dão chiliques em público, brigam e jogam coisas…i
É, namorar muitas vezes não é fácil, mas tem gente que torna tudo ainda mais difícil, com ciúme tão excessivo que mais parece uma escravidão sexual do que qualquer outra coisa. Se você acha que a sua namorada é psicopata e pega pesado, sabe de nada, inocente! Confira aqui esses casos e dê graças a Deus por nunca ter levado facadas ou ganhar tatuagens de cadeia, tipo essa abaixo:

Leia Mais

Projeto MKULTRA

MKULTRA foi o nome de código dado a um programa ilegal e clandestino de experiências em seres humanos, realizado pela CIA – o Serviço de Inteligência dos Estados Unidos da América. As experiências em seres humanos visavam identificar e desenvolver drogas e procedimentos a serem usados em interrogatórios e tortura, visando debilitar o indivíduo para forçar confissões por meio de controle de mente. As várias drogas utilizadas, todas do tipo drogas psicoativas, incluíram Mescalina, LSD e outras.

As experiências do MKULTRA têm relação com o desenvolvimento de técnicas de tortura contidas nos Manuais KUBARK divulgadas também pelos treinamentos da Escola das Américas. Leia Mais

Fotos do manicomio onde torturas e experiencias eram feitas

O lugar já foi descrito como um dos “mais horripilantes do mundo”. Não é à toa que o Athens Lunatic Asyllum, conhecido também com The Ridges, ganhou esse título. Localizado em Athens, no estado de Ohio (EUA), o local, hoje abandonado, abrigou pacientes com problemas mentais, criminosos e doentes com tuberculose. Por muito tempo, suas instalações foram palco de atrocidades cometidas contra os internos. Os médicos faziam, por exemplo, a lobotomia, uma violenta intervenção cirúrgica no cérebro com resultados traumáticos. Leia Mais

Projeto HAARP – A arma climática

Em 1993, começou a funcionar no Alasca (Estados Unidos) o HAARP, um projeto de estudos sobre a ionosfera terrestre. O HAARP, que significa “Programa de Investigação de Aurora Ativa de Alta Frequência”, visa a compreender melhor o funcionamento das transmissões de ondas de rádio na faixa da ionosfera, parte superior da atmosfera.

Segundo relatos oficiais, o projeto tem como objetivo principal ampliar o conhecimento obtido até hoje, sobre as propriedades físicas e elétricas da ionosfera terrestre. Com isso, seria possível melhorar o funcionamento de vários sistemas de comunicação e navegação, tanto civis quanto militares (o que gera desconfiança em grande parte dos conhecedores do HAARP). Leia Mais

O Massacre de Jonestown – O Maior suicídio em massa

O Massacre de Jonestown ocorrido em 18 de Novembro de 1978, onde quase mil membros (algumas fontes dizem que foram 909, outras dizem que foram 918) do Tempo do Povo sucumbiram ao suicídio por envenenamento no local onde eles acreditavam ser a “terra prometida”, Jonestown. É considerado o maior suicídio em massa da história, conduzido pelo líder religioso, e fundado do Templo do Povo, Jim Jones. O massacre de Jonestown também continua a ser a única vez na história em que um congressista dos EUA foi morto no cumprimento do dever. Conheça toda a história logo abaixo. Leia Mais