Skip to main content

Filmes perturbadores que você tem que assistir – Parte 3

Nós do Lendas na Internet somos apaixonados por filmes perturbadores, aqueles que mexem com nossa imaginação, que nos incomoda, embrulham nosso estômago, tiram o nosso sono, roubam nossa fome e que nós fazem refletir sobre o que ocorreu. Fizemos uma lista com alguns filmes que você tem que assistir, mas só se tiver coragem, claro.


Veja a parte 1 da lista, clique aqui.

E a parte 2 é só clicar aqui.


 

Nekromantik (1987)

Conhecido como o “filme erótico para necrófilos”, Nekromantik é nojento em todos os sentidos. Rob e sua esposa Betty passam o tempo brincando com cadáveres. Adoram um threesome, no qual a atração principal é um desconhecido em decomposição. Para o hall de cenas indesejáveis, entra aquela em que Betty desenrola uma camisinha num cabo de metal e atrela ao seu mais novo amigo para começar a diversão.



Irreversível (2002)

O filme francês do diretor Gaspar Noé é considerado chocante por duas razões: a cena de estupro, uma das mais angustiantes do cinema, e a morte do estuprador, na qual a câmera capta tudo num ângulo fechado, próximo. Gaspar faz uso de closes, câmeras que giram de cima pra baixo, dando a sensação de alucinação e provocando ânsia no espectador.

 

Mistérios da Carne (2004)

O único da lista que aborda pedofilia diretamente. Apesar do assunto desconfortável e pesado, o filme é um tanto lúdico, principalmente pelas memórias de um dos personagens principais, o qual acha que foi abduzido por ETs, quando na verdade sofreu abuso sexual.

O outro, Neil, vivido por Joseph Gordon-Levitt, tornou-se garoto de programa e lembra-se muito bem o que aconteceu quando criança. O choque vem porque a trama mostra os traumas gerados pela pedofilia nas duas crianças, além de algumas cenas fortes, como a que Neil é estuprado com violência por um de seus clientes.



A Pele que Habito (2011)

Famoso por ser um filme de terror sem sustos e gritos, e de fato é, A Pele que Habito dá nós na garganta do inicio ao fim. Angustiante, o primeiro suspense de Almodóvar acerta em cheio ao deixar no ar o que realmente está acontecendo, liberando as respostas aos poucos até chegar ao seu impactante final. Aviso aos que ainda não se aventuraram nessa história tensa: algumas cenas ficarão pra sempre na sua mente. Enjoos e calafrios devem ser esperados.

 

Aftermath (1994)

Aftermath é o segundo de uma trilogia de filmes curtos dirigido pelo espanhol Nacho Cerdà e chama atenção por não ter nenhum diálogo durante o filme todo. Tem só meia hora, mas é o suficiente para causar reboliços nas entranhas de qualquer um. No filme, um técnico em necrópsia sai de seu papel profissional e se envolve de forma bem perturbadora com um corpo.



Martyrs (2008)

O filme, que rodou em Cannes em 2008, conta a história de Lucie que, depois de escapar do abatedouro onde estava sendo presa e torturada há tempos acaba em um orfanato. Sem sinais de estupro ou da intenção de quem a abusou, só vamos entender melhor o que acontece quando, anos depois, Lucie assassina uma família inteira a sangue frio e pede a Ana, uma amiga que conheceu no orfanato, ajuda para se livrar dos corpos, quando tem um surto psicótico e comete suicídio. Ana teve que descobrir o segredo de Lucie, o que seriam os mártires e penetrar em uma jornada de tortura, abusos e transcendentalismo.

 

Fontes:  ObaOba / Fatos Desconhecidos / Canto dos Classicos


Comentários via Facebook

comentários

Gabriel Sarzi

Estou na blogosfera ha mais de 8 anos. Sou estudante de Analise e Desenvolvimento de Sistemas e apaixonado por filmes, séries, games e tecnologia. Confira todas as minhas postagens abaixo:

Deixe sua opinião. Interaja conosco!