Skip to main content

Incríveis micro-contos de terror

Hoje nós do Lendas na Internet separamos 20 micro-contos de terror para mostrar para vocês que o desconforto e o susto não precisa de mega produções para vir acontecer. Esses contos pode até não te assustar, mas vai admitir que eles chegam a ser perturbadores em alguns casos. Confira:

  • Acordei com um barulho de batidas em algum vidro. Primeiro, pensei que o som viesse da janela, até que ouvi o som vindo do espelho outra vez.

 

  • A última coisa que eu vi foi o meu despertador mostrado que eram 12:07 antes que ela atravessasse suas longas unhas podres em meu peito, com a outra mão abafando meus gritos. Me sentei na cama, aliviado que era só um sonho, mas quando vi no despertador que eram 12:06, ouvi aporta do roupeiro se abrir.

  • Por ter crescido com gatos e cães, acabei me acostumando com sons de arranhões na porta enquanto eu dormia. Agora que moro sozinho, isso é mais perturbador.

 

  • Em todo o tempo que morei nessa casa, juro por deus que já fechei mais portas do que abri.



  • Uma garota ouviu sua mãe chamá-la do andar de baixo. Quando ela estava saindo do quarto, em direção às escadas, sua mãe puxou-a de volta para o quarto e disse: “eu também ouvi isso.”

 

  • Ela me perguntou por que minha respiração estava tão pesada. Não estava.

 

  • Minha mulher me acordou noite passada para me dizer que tinha um invasor em nossa casa. Ela foi assassinada por um invasor há dois anos.

 

  • Me acordei com o som da babá eletrônica do quarto do meu filho mostrando uma voz o confortando. Quando me virei na cama, meu braço roçou em minha mulher, dormindo ao meu lado.

 

  • Sempre estranhei como minha gata olha fixamente para mim – parecia sempre olhar fixamente para o meu rosto. Até que, um dia, notei que ela estava sempre olhando para trás de mim.

 

  • Não há nada como o riso de um bebê. A menos que seja 1 da manhã e você esteja sozinho em casa.

 

  • Eu estava tendo um sonho agradável quando o som de algo que pareciam ser batidas de martelo de acordou. Depois disso, mal pude ouvir o som da terra cobrindo o caixão, por causa dos meus próprios gritos.

 

  • “Não consigo dormir”, ela disse, deitando na cama comigo. Acordei com frio, segurando o vestido no qual ela foi enterrada.



  • Estava cobrindo meu filho quando ele me diz: “Papai, vê se não têm monstros debaixo da cama.” Para agradá-lo, olhei embaixo da cama e vi ele, outro dele, embaixo da cama, olhando para mim, tremendo e murmurando: “Papai, tem alguém na minha cama.”

Tirinha inspirada no micro-conto acima…

 

  • Você chega em casa cansado depois de um longo dia de trabalho, querendo relaxar um pouco sozinho. Você vai ligar a luz, mas quando se aproxima do interruptor, já tem outra mão sobre ele.

 

  • Não consigo me mexer, respirar, falar nem ouvir nada aqui e é tão escuro o tempo todo. Se eu soubesse que seria tão solitário assim, teria preferido ser cremado.

 

  • Ela subiu as escadas para ver como estava o seu bebê. A janela do quarto estava aberta e a cama vazia.

 

  • Eu nunca durmo. Mas não paro de acordar.



  • Minha filha não para de chorar e gritar no meio da noite. Eu visito o túmulo dela e peço para ela parar, mas não adianta.

 

  • Depois de trabalhar o dia todo, chego em casa e vejo minha namorada abraçada em nosso bebê. Não sei o que foi mais assustador, ver a minha namorada morta e nosso filho que nasceu morto ou saber que alguém invadiu o meu apartamento e os colocou lá.

 

  • Tinha uma foto de mim mesmo dormindo em meu telefone. Eu moro sozinho.

 

Eai, o que achou deles? Conhece outros? Comente ai em baixo 🙂


Gabriel Sarzi

Estou na blogosfera ha mais de 8 anos. Sou estudante de Analise e Desenvolvimento de Sistemas e apaixonado por filmes, séries, games e tecnologia. Confira todas as minhas postagens abaixo:

2 comentários em “Incríveis micro-contos de terror

Deixe sua opinião. Interaja conosco!