Skip to main content

O maldito livro de São Cipriano

A fantástica trajetória do Feiticeiro e Santo da Antioquia (de quem falaremos), representa o elo entre Deus e o Diabo, entre o puro e o pecaminoso, entre a soberba e a humildade. São Cipriano é mais que um personagem ou um livro de magia; é um símbolo da dualidade da fé humana.
Filho de pais pagãos e muito ricos, nasceu em 250 d.C. na Antioquia, região situada entre a Síria e a Arábia, pertencente ao governo da Fenícia. Desde a infância, Cipriano foi induzido aos estudos da feitiçaria e das ciências ocultas como a alquimia, a astrologia, a adivinhação e outras diversas modalidades de magia.Após muito tempo viajando pelo Egito, Grécia e outros países, aperfeiçoando seus conhecimentos, aos trinta anos de idade Cipriano chega à Babilônia, a fim de conhecer a cultura ocultista dos Caldeus.

Região no sul da Mesopotâmia, os caldeus foram uma tribo (acredita-se que tenham emigrado da Arábia) que viveu no litoral do Golfo Pérsico e se tornou parte do Império Neobabilônico. No Antigo Testamento da Bíblia há várias citações sobre esse povo que, sob o comando de Nabucodonosor II teria destruído Jerusalém e levado o povo judeu para o cativeiro babilônico que durou cerca de 70 anos. Após este período, os caldeus foram vencidos pelos persas e a Babilônia dominada por Ciro II. Também foi na caldeia, na cidade de Ur, que Abraão viveu antes de ir para a terra de Canaã.

Foi nesta época que encontrou a bruxa Évora, onde teve a oportunidade de intensificar seus estudos e aprimorar a técnica da premonição, acima de tudo. Évora morreu em avançada idade, mas deixou seus manuscritos para Cipriano, os quais foram de grande proveito. Assim, o feiticeiro dedicou-se arduamente, e logo se tornou conhecido, respeitado e temido por onde passava.

 

O livro

O Livro de São Cipriano é um grimório publicado em diversos países, inclusive no Brasil pela Editora Eco, do Rio de Janeiro. A obra contém diversos rituais de ocultismo, mais especificamente magias (branca e negra), com múltiplas finalidades, benéficas e maléficas, inclusive para o cotidiano.

Hoje, o livro é uma verdadeira coleção, onde todos afirmam ser os verdadeiros livros de São Cipriano, mas, na verdade, São Cipriano só escreveu um: O Livro de São Cipriano de Capa Preta.
Cipriano, o feiticeiro, é celebrado no dia 2 de outubro. Mesmo dedicando boa parte de sua vida ao estudo das ciências ocultas, após deparar-se com a jovem Justina, converteu-se ao cristianismo. Martirizado e canonizado, sua popularidade cresceu devido ao famoso Livro.

 




 

O antigo e verdadeiro livro gigante de São Cipriano (Capa Preta)

O famoso Livro de São Cipriano foi redigido antes de sua conversão. Grande parte de seus manuscritos foi queimada por ele mesmo. A questão é que, não se sabe quando, e por quem os registros foram reunidos e traduzidos do hebraico para o latim, e posteriormente levados para diversas partes do mundo.
No decorrer dos anos, o conteúdo sofreu alterações significativas, além da adequação necessária na tradução para os vários idiomas. Esses fatores colocam em dúvida a fidelidade das versões recentes, se comparadas às mais antigas.
Atualmente, não é possível falar do Livro, mas sim Dos Livros. As edições capa preta e capa de aço, ou aquelas intituladas como “o autêntico”, “o verdadeiro” ou “o único”, enfatizam um mesmo acervo mágico central, e ainda exaltam o cristianismo e a vitória do bem sobre o mal. Porém, existem grandes diferenças no conteúdo. Enquanto alguns exemplares apresentam histórias e rituais inofensivos, outros apelam para campos negativistas e destrutivos da magia, chegando a ser taxados de “A bíblia do diabo”.
Num aspecto geral, encontram-se instruções aos religiosos para tratar de uma moléstia, além de cartomancia, esconjurações, rituais, invocações e exorcismos. A Oração da Cabra Preta, Oração do Anjo Custódio e outras da crença popular também são inclusas (Magnificat, Cruz de São Bento,Oração para Assistir aos Enfermos na Hora da Morte etc.). Além dos rituais de como obter um pacto com o demônio, como desmanchar um casamento e a caveira iluminada com velas de sebo, o livro, tanto nas edições capa preta quanto capa de aço, trazem em seu conteúdo magias como O poder de ficar invisível, Como se livrar de um inimigo, Encanto para criar um diabinho e ter tudo que deseja, Diabo na garrafa, Feitiços para amor não correspondido, Como forçar marido ou esposa a ser fiel, Encantos para ter qualquer mulher, Magias para afastar pessoas e coisas de você, Encantos para trazer “ex” de volta, Metamorfose em outros seres ou pessoas entre muitos outros.
Há ainda os mitos que o cercam: muitos consideram ser pecado mortal possuí-lo ou simplesmente tocá-lo. De qualquer forma, o tema São Cipriano e tudo que o cerca, é um campo de estudo e pesquisa muito interessante para ocultistas, religiosos, aventureiros ou apenas curiosos, mesmo.

 

A conversão Cristã

Vivia em Antioquia a bela e rica donzela Justina. Seu pai Edeso e sua mãe Cledonia, a educaram nas tradições pagãs. Porém, ouvindo as pregações do diácono Prailo, Justina converteu-se ao cristianismo, dedicando sua vida as orações, consagrando e preservando sua virgindade.
Um jovem rico chamado Aglaide apaixonou-se por Justina. Os pais da donzela (já convertidos à fé Cristã também) concederam-na por esposa. Porém, Justina não aceitou casar-se. Aglaide recorreu a Cipriano para que o feiticeiro aplicasse seu poder, de modo que a donzela abandonasse a fé e se entregasse ao matrimônio.

Cipriano investiu a tentação demoníaca sobre Justina. Fez uso de um pó que despertaria a luxúria, ofereceu sacrifícios e empregou diversas obras malignas. Mas não obteve resultado, pois Justina defendia-se com orações e o Sinal da Cruz.
A ineficácia dos feitiços fez com que Cipriano se desiludisse profundamente perante sua fé e se voltasse contra o demônio, que lhe deixara na mão. Influenciado por um amigo cristão de nome Eusébio, o bruxo converteu-se ao cristianismo, chegando a queimar seus manuscritos de feitiçaria e distribuir seus bens entre os pobres.

 




 

Morte

As notícias da conversão e das obras cristãs de Cipriano e Justina, chegaram até o imperador Diocleciano que se encontrava na Nicomédia. Assim, logo foram perseguidos, presos e torturados. Frente ao imperador, viram-se “forçados” a negar a fé cristã: Justina foi chicoteada, e Cipriano açoitado com pentes de ferro. Não cederam.
Irritado com a resistência, Diocleciano ainda lançou Cipriano e Justina numa caldeira fervente de banha e cera. Os mártires não renunciaram, e tampouco transpareciam sofrimento. O feiticeiro Athanasio (que havia sido discípulo deCipriano) julgou que as torturas não surtiam efeito devido a algum sortilégio lançado por seu ex mestre. Na tentativa de desafiar Cipriano e elevar a própria moral, Athanasio invocou demônios e magias, e atirou-se na caldeira. Seu corpo foi dizimado pelo calor em poucos segundos.

Após este fato, o imperador Diocleciano finalmente ordenou a morte de ambos. No dia 26 de Setembro de304. Os mártires e um outro cristão de nome Teotiso, foram decapitados às margens do Rio Galo, naNicomédia. Os corpos ficaram expostos por 6 dias, até que um grupo de cristãos recolheu-os, levando-os para Roma, e deixando-os sob os cuidados de uma senhora chamada Rufina. Já no império deConstantino, os restos mortais foram enviados para a Basílica de São João Latrão.

 

Curiosidades

O fato mais curioso da vida de São Cipriano, é ele ter queimado seus manuscritos, e tempos depois os mesmos terem reaparecido como O livro de Capa Preta. Ninguém sabe ou sequer imagina como ele reapareceu, mas foi traduzido para vários idiomas, incluindo o nosso Português Brasileiro.

– Vários outros livros apareceram usando o nome de Cipriano, e o próprio livro de Capa Preta dizem ter sido muito alterado com o tempo.

– O Livro é repleto de magias negras pesadas incluindo a Oração da Cabra Preta (Não me perguntem por quê essa oração é tão citada).

– Apesar de tantas histórias, não existem fatos concretos de que Cipriano realmente existiu. .Encontrei um relato que achei muito interessante (dentre muitos que pude ler e até ouvir em outros tempos), e achei legal compartilhar com vocês:

“Há um tempo atrás comprei um livro chamado “São Cipriano Capa Preta”. Esse livro contem a história da vida do bruxo Cipriano e inúmeros feitiços e rezas, além de trazer ensinamentos tanto da magia negra quanto à branca. O fato é que desde que começei a ler esse livro começei à ter muitos pesadelos à noite. Até aí eu achava que estava tudo bem, pois o livro contém passagens que impressionam, como as conversas de Cipriano com Lúcifer, os espíritos das bruxas que apareceram à Cipriano, rituais de exorcismo e até um vodu. Mas mesmo tendo pesadelos continuei lendo o livro, e sempre que possivel fazendo alguns dos “trabalhos” do livro. Nunca acreditei no sobrenatural, mas agora minha opinião mudou. Meu primeiro contato com o sobrenatural foi numa noite à qual eu dormia e comecei a escutar uma respiração ofegante e gemidos bem baixos. Acendí a luz e ví uma mulher de roupa branca, pendurada numa corda, como se tivesse sido enforcada. Seus olhos estavam fechados e a tal mulher estava branca como papel. Nunca sentí tanto medo na vida quanto aquela noite. Saí do quarto e chamei um vizinho para ver. Na hora que ele chegou e nada viu disse: – “Pô cara, você me acorda as três da madrugada para me sacanear,está louco?” Depois de falar isso voltou à sua casa. De fato à mulher não estava mais lá, não havia explicação, tentei dormir na sala, mas aquilo não saia da minha mente e não me deixou dormir aquela noite. Deduzí que aquilo era algo sobrenatural e com certeza era culpa do maldito Cipriano, dei um fim no livro. Mas mesmo assim vejo espíritos, não em todos os lugares, nem com uma frequencia muito grande, mas vejo. Não sei se isso é um dom, mas tenho muito medo.
Se falo para alguém ou fazem chacota ou me tratam como insano. Além desse negócio de ver espíritos, acabei perdendo meu emprego e minha mulher se separou de mim.
Não tenho dúvidas, o livro de São Cipriano é maldito!”

 




 

Abaixo algumas correntes e orações de São Cipriano

 

Corrente milagrosa de São Cipriano

Amigo, ao receber este livro, você foi agraciado como participante da “CORRENTE MILAGROSA DE SÃO CIPRIANO”. Leia-o atentamente, página a página e ao término escreva seus desejos no rodapé da página 7 deste livro. A seguir enterre-o ao pé de uma cruz; à meia-noite da próxima lua de quarto crescente, na sexta-feira seguinte, envie a 5 pessoas diferentes, 1 exemplar deste livro, com uma explicação idêntica a esta, colada sobre a capa. Aguarde 7 luas e certamente se tiver fé, verá seus desejos realizados. Tenha fé. Lembre-se, esta corrente não pode ser interrompida. Diz-se que quem isto o faz certamente terá sua alma entregue ao SATANÁS.

Oração que se lê ao enfermo para se saber se a doença que o aflige é natural ou sobrenatural

Esta oração diz-se em latim, para que o enfermo não possa usar de impostura, pois assim, sem entender o que é dito na oração não enganará o religioso, ficando quieto ou se movendo. Uma oração em português, seguida a esta, serve para o mesmo fim. Havendo sinais de que a causa da doença é demônio ou alma penada, o religioso deverá dizer a ladainha em latim. No fim da ladainha, ponha-lhe o Preceito ao demônio para que não mortifiquem o enfermo enquanto esconjura.
“Praecipitur in Nomine Jesus, ul desinat nocere aegroto, staim cesse delirium et illuo ordinate discurrat. Si cadat, ut mortuus, et sine mora surget ad praeceptu Exorcistae factu in Nomine Jesus. Si aliqua parte corporis si dolor, vel tumor, at ad signo Crucis, vel imposito praecepto in Nomine Jesus. Quando Sacramenta. Reliquias, et res sase praecitite dure. Quando imaginationi, se presentate res inhonestae contra Imagines Christi, et Sanctorum, et si eodem tempre sentiant in capite, ut plumbum ut aquam frigidam vel ferrum ignitem, et hoc fugit ad signum Crucis vel invocato Nomine Jesus. Quando Sacramenta, Reliquias, et res sacros odit; quando, nulla praecendente tribulatione desderat se dilacerat. Quando subito patenti lumen aufertur et subito restitur; quando diurno tempore nihil vidit, et nocturno bene vidit et sine luce lugit epistolam; si subito siat surdus, te postea bene vidit et sine luce lugit epistolam; si subito siat surdus, te postea bene audiat, non solum materialia sed spiritualis. Si per septem, vel novem dies nishil, vel parum comedens tortis est pinguis sicuto antea. Si loquitur de Mysteris ultra capacitatem quando non custat de illus sanctitate. Quando ventus vehemens discurrit per totum corpus ad mudum formicarum; quando elevatur corpus contra volutatem patienves, e non apparet a quolevetur. Clamores, scissio tiumtes, arrotationes dentium, quando patiens non est stultus; vel quando homo natura debilis non potest teneri a multis. Quando habet linguam tumidam et nigram, quando guttur instatur, quando audiuntur rugitus ovium, latratus, canum, porcorum grumitus, et similium. Si varie pareter naturam vident, et audiunt, si homines maximo odio perseuntur; si praecipitis se exponunt si oculus horribles habent, remanent sensibus destitui. Quando corpus tali pondere assicitur, ut a multis hominibus elevaret non benedictit, quando ab Eclesias fugit, et aquam benedictam non consetit; quando iratos se ostendunt contra ministros superdonentes Reliquias capit et occulte. Quando imagines Christi, et Virginis Mariae nonlut inspecere sede conspaunt, quando verba sacra nolunt proferre, vel si proferant, ila corrumpunt et balba, cientes sudent proferre. Cum superposita capiti manu sacra ad lectionem Evangeliorum conturbatur agrotus, cum plusquam solitum palpiverit sensus occupantur, gattae sudoris destuumt, anvietates sentit; stridores usque ad Caelum mittit, ser posternit, vel similia facit. Amém.”

 



Orações

Eu, Cipriano, servo de Deus, a quem amo de todo o meu coração, corpo e alma, peza-me por não vos amar, desde o dia em que me destes o ser. Porém, vós, meu Deus e meu Senhor, sempre vos lembrastes um dia, deste vosso servo Cipriano. Agradeço-vos, meu Deus e meu Senhor, de todo o meu coração, os benefícios que de vós estou recebendo, pois agora, ó Deus das criaturas, dai-me força e fé para que eu possa desligar, tudo quanto tenho ligado, para o que invocarei, sempre o vosso santíssimo nome. Em nome do Padre, do Filho e do Espírito Santo, Amém.
Para afastar inimigos

Pela Intercessão de São Cipriano, e todo o coro de Arcanjos, anjos, Santos e Profetas. Senhor eu lhe rogo que afasteis de mim, da minha casa, da minha vida e da minha família todo o mal, toda a inveja, todo o orgulho, todo o egoísmo!

Eu lhe suplico que esta pessoa (nome da pessoa que está perturbando a sua vida) seja colocada em seu devido lugar, que ela deixe de perturbar a minha casa, a minha vida e a minha família. Que ela não seja nunca capaz de abalar a minha fé!

Eu lhe imploro, Senhor, pelos poderes de São Cipriano que intercedeis por mim nesta batalha! Que esta pessoa (nome) rompa eternamente os seus laços comigo, que perca a inveja, que perca o desejo de me fazer o mal e de me destruir. Amém.

Para ganhar dinheiro

Salve São Cipriano, fazei que muito dinheiro, riqueza e fortuna fiquem para sempre comigo. São Cipriano trazei muito dinheiro, riqueza e fortuna pra mim.

Assim como o galo canta, o burro rincha , o sino toca , a cabra berra , assim tu São Cipriano hás de trazer muito dinheiro, riqueza e fortuna pra mim.
Assim como o sol aparece, a chuva cai, faça São Cipriano o dinheiro, a riqueza e a fortuna serem dominados por mim (seu nome), assim Seja .

Preso debaixo do meu pé esquerdo, com dois olhos vejo o dinheiro, a riqueza a fortuna, com três eu prendo, o dinheiro, a riqueza e a fortuna, com meu Anjo da Guarda peço que muito dinheiro, riqueza e fortuna venham ate mim.Como uma cobra rastejante que o dinheiro, a riqueza e a fortuna só se sinta bem perto de mim, que não consiga ficar com quem não merece, que não fique com nenhuma outra pessoa que não seja eu, que atenda todas as minhas vontades, comprando o que eu quiser, gastando como eu queira, que nunca me faça sofrer por ficar sem o dinheiro, que quando eu durma e acorde sempre o dinheiro, a riqueza e a fortuna estejam dentro da minha casa, da minha bolsa, do meu bolso, da minha empresa ou onde eu estiver.

Que o dinheiro, a riqueza e a fortuna não consigam estar longe de mim, que seus valores sejam sempre altos, muito altos, voltados só para mim, que o dinheiro, a riqueza e a fortuna São Cipriano, sejam muito valiosos para mim. Que assim seja. Pelo poder de São Cipriano, assim seja .Que muito dinheiro, riqueza e fortuna em penca, venham atrás de mim, para que possamos ter conforto, fama, poder, saúde, ajudar os mais necessitados, ter um bom convívio e assim sermos felizes.

Peço a São Cipriano, que o dinheiro, a riqueza e a fortuna me procurem ainda hoje, peço isto ao poder das Três almas pretas que vigiam São Cipriano, assim seja. Que o dinheiro, a riqueza e a fortuna venham logo de uma vez para a minha casa, minha vida,minha empresa e meus negócios. Que os inimigos não nos vejam, não nos enxerguem, assim seja, assim será, assim está feito.

Ó São Cipriano e as Três Almas pretas que vigiam São Cipriano, atendam ao meu pedido.

 

Fontes: Dom Paranormal / Orações Poderosas / Fatos Sobrenaturais


Comentários via Facebook

comentários

Gabriel Sarzi

Estou na blogosfera ha mais de 8 anos. Sou estudante de Analise e Desenvolvimento de Sistemas e apaixonado por filmes, séries, games e tecnologia. Confira todas as minhas postagens abaixo:

Deixe sua opinião. Interaja conosco!